Saiba mais sobre estilo sertanejo universitário de Michel Teló

Michel Teló adota o estilo clássico do sertanejo universitário: saem de cena o cinto, a bota e o chapéu de caubói e entra o tênis. A camisa xadrez fica, numa versão mais atual. O novo cabelo é um dos acertos do visual do cantor

Michel Teló lançou, em julho do ano passado, no Youtube, o “hit chiclete” – aquele que gruda no ouvido e não sai – “Ai, Se Eu Te Pego”. Teve mais de 115 milhões de acessos no Brasil e no mundo, e virou celebridade da noite para o dia. De repente, de jogadores de futebol a militares israelenses divulgavam o cantor brasileiro ao criar versões da “dancinha” feita no vídeo. Com isso, Michel Teló se tornou, em apenas dois anos de carreira solo, o maior astro sertanejo universitário, ao lado de Luan Santana, Gusttavo Lima, Fernando e Sorocaba.

Desde a década de 1990 o estilo sertanejo vem adotando uma nova roupagem, incorporando elementos de outros ritmos musicais, como o pagode, o axé e o eletrônico. “Na hora de fazer os arranjos das canções, vou tocando em diversas levadas. A que mais se encaixar na música ganha. É claro que faço tudo isso sem perder a minha identidade sertaneja. Mas é claro que vejo com bons olhos o fato de que a minha música pode agradar pessoas que são fãs de outros estilos musicais”, declarou o cantor no lançamento do seu álbum “Michel na Balada”.

É centrado nesta ideia de “balada” que o estilo sertanejo universitário deixou o chapéu, a bota e o cinto de caubói de lado, conservou a camisa xadrez e o jeans e adotou o tênis. Assim, as roupas que Michel Teló usa não o diferenciam muito da maioria dos jovens urbanos.

Enquanto Luan Santana fez do colete sua peça-chave para dar uma modernizada em seu visual, Teló investe em jaqueta, blazer e camisas com algum detalhe. Muitas vezes, o cantor dá uma derrapada no estilo, como a barra da calça por fazer, dando aquele péssimo efeito estufado perto do calçado, mas isso é fácil de corrigir.

Antes ele usava um cabelo escorrido para frente, mas acertou no visual com o cabelo bem aparado nas laterais, com mais volume na parte de cima, geralmente trabalhado com pomada para dar um ar meio bagunçado ou espetado. É um cabelo mais fácil de adotar no dia a dia do que o moicano do seu amigo Neymar, jogador de futebol do Santos.

Ricardo Oliveros
Do UOL, em São Paulo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s