Lista: os 10 maiores clássicos da moda

1 – Jeans
O jeans é a peça mais versátil da moda e evoluiu muito desde seu surgimento, em 1872. Inicialmente associado à classe trabalhadora, a criação de Levi Strauss começou a virar item fashion na década de 1950, muito usada por pessoas à margem da sociedade como motoqueiros, rebeldes e caubóis. Passados os anos, o jeans se consolidou como uma peça atemporal e, hoje, está presente em todas as classes da sociedade e nas passarelas de todas as semanas de moda.

2 – Pretinho básico
Sempre atual, o pretinho básico, se combinado com acessórios, deixa qualquer mulher com aparência arrasadora (no bom sentido). Sinônimo de elegância, a peça virou também símbolo do modernismo e foi associado à linha de montagem por Chanel, sendo reproduzido nos quatro cantos do planeta.

3 – Óculos escuros
Há muito os óculos escuros deixaram de servir apenas para proteger os olhos dos raios solares. O acessório é aliado do estilo e dá um arzinho de mistério a quem o usa. Bob Dylan, Mick Jagger, Jacqueline Kennedy, Audrey Hepburn e Tom Cruise (no filme “Top Gun”) foram alguns dos personagens que, ao longo da história, ajudaram os óculos escuros a ganharem status fashion.

4 – Camiseta branca
Tão versátil quanto o jeans, a camiseta branca é coringa para qualquer ocasião – basta coordená-la de forma original com os outros componentes do look. Associada a estudantes universitários nos anos 50 e 60, com a imagem de Marlon Brando reforçando seu uso, a peça resiste ao tempo pelo conforto e pela propriedade “vai com tudo”.

5 – Salto agulha
Fetiche, poder e sensualidade são o que vem à mente quando pensamos em um belo par de salto alto. Com a capacidade de mudar a postura e até o jeito de andar de uma mulher, o salto agulha é dos itens mais femininos do vestuário e, certamente, o que mais enlouquece as moçoilas nas prateleiras das lojas. 

6 – Trench coat
Você sabia que o trench coat foi criado para soldados da Primeira Guerra Mundial? Seus detalhes, como cintos e bolsos, inicialmente serviam para armazenar lanternas e granadas. Apesar de pegada utilitária e masculina, a peça pode ressaltar também o corpo feminino e, em pouco tempo, virou item queridinho do armário delas. Quem não se lembra da cena de Humphrey Bogart e Audrey Hepburn se beijando na chuva em “Bonequinha de Luxo”, ambos usando trench coat?

7 – Sutiã
Uma das grandes transgressões da moda dos anos 1980 foi colocar o sutiã à mostra no look, tendência encabeçada por Madonna. A peça sustenta e modela os seios, é capaz de mudar a silhueta da mulher e mexe com o imaginário masculino. Quem não curte um sutiã sexy?

8 – Chapéu Fedora
O nome “Fedora” começou a designar este modelo de chapéu na década de 80, por causa de uma peça de teatro com Sarah Bernhardt. Usado desde o século XX pelas mulheres, o acessório começou a ganhar as cabeças dos homens depois de 1910, e virou símbolo do trabalhador de classe média. Assista aqui a um trecho do documentário 

9 – Minissaia
Emblema da emancipação feminina, a criação de Mary Quant foi recebida com risadas quando os primeiros jovens começaram a usá-la, na metade dos anos 60. Ao fim da década, todo mundo já havia adotado a peça. E, embora as saias de comprimento longo e midi estejam em alta, a minissaia nunca sai de moda. 

10 – Batom vermelho
“O batom vermelho é uma forma de dizermos o que queremos no fim da noite. Temos tanto sangue no corpo que devemos mostra-lo nos lábios”, diz Kate Lanphear, diretora de estilo da revista Elle, no documentário. Quem duvida do poder de um bocão vermelho?

Fonte: GNT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s