Conheça o estilo das jornalistas da Rede Globo

Foto: TV Globo/Divulgação
Os diferentes trabalhos exigem diferentes dress code. Quem trabalha na frente das câmeras, mais especificamente com jornalismo, deve tomar cuidado para que o look não chame mais atenção do que a notícia em si. As jornalistas não podem aparecer de jeans e camiseta, ou com roupas curtíssimas e decotadas.
Mas, mesmo assim, é possível expressar o estilo através de peças mais sérias. As jornalistas da TV Globo, por exemplo, dão sua características ao visual, seja de forma mais clássicas ou mais moderna. Por mais que elas, na maioria das vezes, fiquem atrás de uma bancada, é fácil perceber que cada uma segue um estilo diferente.
Segundo a consultora de moda Adriana Antunes, é possível passar a formalidade da profissão usando looks mais casuais. “As camisas, os cardigãs com novos cortes e tecidos nobres são tão formais quanto os terninhos. Também é preciso levar em conta a característica da apresentadora. A Fátima Bernardes fica chiquérrima de blazer. Já a Patricia, arrasa nas camisas de seda. Ambas são super elegantes e seguem estilos diferentes”, detalha.
Apesar de terem maneiras de se vestir diferentes, elas prendem a atenção pelo profissionalismo e simpatia. “A roupa não interfere na maneira em que passam suas mensagens, mas é sempre bacana estar com um look correto”, explica Adriana, que aproveita para acrescentar que raramente elas cometem as famosas “gafes fashion”. “Não seria um erro da moda, mas não gosto do estilo da Mariana Ferrão. Acho que envelhece.”
Além de roupas apropriadas, é preciso que o cabelo e a make conversem entre si para então, passar uma imagem de confiabilidade. Ana Paula Lima, consultora de moda, explica a mudança de visual de Patricia Poeta. “Não dá para ter um cabelão na cintura porque a bancada vai esconder onde ele termina”, detalha. Segundo ela, um cabelo assimétrico, desfiado demais, glamuroso ou de uma cor berrante também não é aconselhável.
Ana Paula Lima aproveitou para analisar o estilo de cada jornalista da TV Globo.
Fátima Bernardes
Ela tem um estilo clássico/tradicional e tenta ousar um pouquinho sem ficar exagerado. Fátima está sempre mudando o corte de cabelo, a cor da maquiagem e arrisca nos looks sem usar terninho todos os dias, intercalando-os com casacos, jaquetinhas e camisas.
Foto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação
A sobriedade do terno bege ganha um ar mais alegre ao ser quebrado pelo vermelho, garantindo uma imagem mais jovem e feminina
Foto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação
Enquanto estava na bancada do Jornal Nacional, Fátima frequentemente tirava o terninho e apostava na camisa social. Uma de suas marcas preferidas é a DudaLina. Neste momento, colar e brinco acrescentam o brilho necessário para a camisa básica

Foto: Renato Rocha Miranda/ TV Globo/Divulgação
Para dias de “cerimônia” Fátima é como qualquer outra mulher e inviste em uma combinação chic por natureza: o preto e branco. É mais fácil acertar quando pegamos carona nos clássicos

Foto: Renato Rocha Miranda/ TV Globo/Divulgação
Cinza e preto é mais uma combinação clássica e séria. A gola maior alonga o tronco e dá mais destaque ao rosto, ótimo truque para momentos em que não podemos investir em cores ou acessórios

Patricia Poeta
Quando estava à frente do Fantástico, usava vestidos na altura dos joelhos de corte mais clássicos, mas atual e, na maioria das vezes, eles eram sem mangas. O mesmo não acontece no Jornal Nacional, onde braços à mostra seria algo ousado demais. Na bancada ela tenta ser sofisticada e mais moderninha, abusando das camisas em cores variadas, tecidos finos e blusas mais decotadas.

Foto: Márcio de Souza/ TV Globo/Divulgação
A cor é extremamente chamativa e alegre, mas o visual é equilibrado pela ausência de decote ou detalhes. Ela optou por peep-toe nude e acessórios discretos

Foto: Alex Carvalho/TV Globo/Divulgação
Novamente uma cor vibrante, mas que é neutralizada com a tradicional calça branca e o clássico colar de pérolas

Foto: João Cotta / TV Globo/Divulgação
Já na bancada do Jornal Nacional, Patrícia assumiu não só um estilo diferente como também mudou o visual em busca de mais seriedade. Os vestidos deram lugar aos ternos e combinação de calça e camisa. Mesmo assim, continua usando cores vivas, porém menos vibrantes e com menos acessórios

Foto: Renato Rocha Miranda/ TV Globo/Divulgação
 “Neste caso, o conjunto da obra acabou dando alguns centímetros a mais para Patrícia”, diz Karol. O cinto largo, a calça de cintura alta em cor clara e a blusa em cetim são elementos que engordam

Renata Ceribelli
Ela tem um estilo mais contido, não ousa demais e opta pelas peças que lhe caem bem – geralmente calças e camisas, blusas com calças ou terninhos -, sempre em tons neutros e sem muitos detalhes para não engordar. Renata carrega um pouco mais nos acessórios para quebrar a rigidez do look. De vez em quando, se arrisca em vestidos, mas se sente visivelmente mais confortável em calças.

Foto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação
A túnica preta de corte reto combinada com calça preta seca disfarçam alguns quilinhos a mais. O charme fica por conta dos acessórios mais pesados e glamourosos

Foto: TV Globo/Divulgação
A calça branca marca muito o quadril e, por isso, foi combinada com a blusa no estilo túnica. O calçado claro e sem tira no peito do pé ajuda a alongar as pernas. A a manga ¾ disfarça braços mais gordinhos. “Veja também que o decote V chama atenção para o alto e valoriza tanto o colo quanto o rosto. É um visual alegre, correto e muito bonito”, detalha

Foto: Alex Carvalho/TV Globo/Divulgação
A blusa alongada o corpo e disfarça medidas no quadril. A calça com barra mais comprida alonga as pernas. “Ela poderia estar um pouquinho mais curta, pois dependendo do movimento, a barra ficará enrugada e o efeito acaba sendo contrário” destaca Karol


Sandra Annenberg
Ela tem um estilo bem feminino e tradicional do jornalismo. Não deixou de lado os terninhos, usando-os quase diariamente, mas usa cores leves e alegres. Sandra gosta muito de usar camisetas por baixo do blazer, geralmente de cores diferentes para quebrar a formalidade. A maquiagem e os acessórios são contidos.

Foto: Zé Paulo Cardeal/ TV Globo/Divulgação
 A jornalista busca novas alternativas para o dia a dia sem fugir do que lhe é exigido, seja através de cores da moda, detalhes na camisa ou uma estampa liberty


Mariana Godoy
Ela tem um estilo formal e bem tradicional. Usa basicamente terninhos com pala larga, geralmente com camisetas por baixo, sempre no mesmo estilo e em tons neutros. O cabelo é bem curtinho e a maquiagem suave.

Foto: Zé Paulo Cardeal/ TV Globo/Divulgação
O detalhe no centro do corpo favorece o biótipo de Mariana e faz com que a silhueta pareça mais fina. “O tom preto lhe cai muito bem e, como sua pele é clarinha e o cabelo bastante escuro, essa combinação de cores totalmente contrastantes (preto/branco) é ideal para ela”, explica Karol


Glória Maria
Ela é uma das mais ousadas. Conhece seu corpo e é segura para carregar o look. Ela tem bastante informação de moda e está sempre usando boas marcas nacionais e internacionais. Glória adora vestidos mais curtos, braços de fora, roupas que a deixam com ar jovial, mas também sabe compor muito bem um blazer ou blusa com calça. Está sempre atualizando o corte de cabelo e adora jóias.

Foto: Rafael França / TV Globo/Divulgação
Gloria Maria apresenta e fala sobre assuntos mais descontraídos e, por isso, não precisa da sobriedade das jornalistas de bancada. O look monocromático alonga a silhueta e os acessórios emprestam personalidade ao visual


Mariana Ferrão
O estilo dela é mais casual pelo tipo de programa que apresenta. Tem um ar mais relaxado, mas sem deixar de ser arrumado e clássico. Na maioria das vezes ela apresenta de calça com corte de alfaiataria combinada com camisa ou calças com tricôs, malhas, batas, cardigãs e casaquinhos com camiseta por baixo. O salto é indispensável para alongar e valorizar sua silhueta. O cabelo é mais comprido, mas sempre liso e discreto, e a maquiagem tem mais de cor.

Foto: Zé Paulo Cardeal/ TV Globo/Divulgação
Mariana Ferrão: “Apesar de as duas peças serem bonitas, alguma coisa não está muito legal”, diz. “Talvez seja esse voluminho que a blusa criou ou até mesmo o fato de as cores não terem favorecido a beleza da jornalista”, destaca Karol. Alguns acessórios ou maquiagem mais forte poderiam ter deixado-a mais jovem


Renata Vasconcelos
Ela é mais clean. Arrisca peças fora do mundo dos terninhos e aposta em blusas trespassadas, decotes V e até tailleurs. Gosta de tons neutros e não usa acessórios. Como tem um rosto muito marcante, ousa e carrega na maquiagem e no penteado.

Foto: Estevam Avellar/TV Globo/Divulgação
Tonalidades sóbrias e ausência de acessórios criam uma imagem sólida e combina com a personalidade da jornalista, porém não tem muito diferencial


Christiane Pelajo
Ela tem um visual bem eclético e usa desde terninhos até coletes com camisa, passando por blusas justas e jaquetinhas. Como tem os seios grandes, opta por cores escuras e decotes V. O cabelo tem corte no tamanho médio. Ela gosta de carregar um pouco na maquiagem, principalmente nos olhos. Os brincos geralmente são maiores.

Foto: Estevam Avellar/TV Globo/Divulgação
Ela faz o estilo casual/chic. Aposta em peças mais finas e as mistura com peças mais modernas. Ela não abusa das cores fortes segue quase um padrão de corte no colo, que valoriza os seios fartos, mas de forma totalmente discreta. A jornalista mantém o cabelo dividido ao meio e faz uma maquiagem sem muitas cores
POR TATIANA SISTI
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s