Chique no outono/inverno: como usar casaco com vestido longo

O casaco pode ser um destruidor de looks casuais ou poderosos. Faça a matemática dos comprimentos e descubra como acertar na conta

Na semana passada, as atrizes Katie Holmes e Leelee Sobieski garantiram vagas entre as donas dos piores looks da vez porque erraram na proporção dos casacos que usaram com vestidos longos. Os equívocos geralmente acontecem quando os casacos são amplos demais de forma que escondam as formas femininas e façam a dona do modelito “sumir” em meio a tanto tecido. De olho em alguns fatores de modelagem, tecido, proporção ou styling, é possível ficar super elegante com vestidos compridos – sejam dos mais casuais ou os que são dignos do tapete vermelho do Oscar na temporada do frio.

As opções não se resumem apenas às echarpes antiquadas, feitas do mesmo tecido do vestido. Sarah Jessica Parker já arrasou em um baile de gala com uma jaqueta perfecto de couro. Charlize Theron montou um visual super charmoso com um paletó com ares masculinos. A editora da “Vogue” norte-americana, Anna Wintour, mostrou como usar um vestido longo com um casaco comprido sem parecer mais baixa. A stylist Rachel Zoe mostrou que, marcando a cintura, a matemática dos comprimentos diferentes dá certo. A apresentadora Molly Sims mostrou que, mesmo grávida, é possível usar um vestido longo e um casaco volumoso de pele, sem parecer enorme. Outro exemplo é o look de Glenn Close no Oscar deste ano; chiquérrimo e quentinho.

Jaqueta
Sarah Jessica Parker, Helen Mirren, Nikki Reed e Allegra Carpenter

A mais fácil das combinações invernais com vestido longo, as jaquetas – de couro ou tecido – são práticas porque dificilmente achatarão a silhueta. As mais baixinhas podem apostar no look ao estilo de Sarah Jessica Parker, que elegeu um modelo que vai só até a cintura e usou-o fechado para tornar a silhueta mais longilínea. Na dúvida, eleja um vestido de cor próxima à da jaqueta. Helen Mirren provou que o visual rocker-chique funciona bem para qualquer idade. Para festas mais sofisticadas, eleja um modelo mais clássico, como o de Nikki Reed. A jaqueta preta até brincou com a forma do vestido, que marca bem a cintura. Modelos metalizados como o de Allegra Carpenter também são um charme.

Paletó/blazer
Charlize Theron, Maggie Gyllenhaal, Carolina Crescentini e Rosie Fortescue

Para brincar de opostos – feminino e masculino -, o paletó é a companhia perfeita para os vestidos longos. Dependendo dos tecidos e dos complementos, a combinação vai bem até às festonas mais chiques. Neste caso, pode-se escolher um paletó compridinho, mas é preciso que a peça seja acinturada e que vista bem nos ombros. Charlize Theron estava chique e urbana com o visual que foi a um programa de TV. Já Maggie Gyllenhaal apostou em um look mais casual; tom dado pela bolsa grande usada a tiracolo. Esperto o look da atriz Carolina Crescentini, que escolheu um vestido com um detalhe que alonga a silhueta. O visual com tons parecidos de Rosie Fortescue também é uma graça.

Casaco comprido
Anna Wintour, Laura Bailey, Sarah Jessica Parker e Florence Welch

A combinação mais complicada quando se fala de vestido longo é com casacos compridos, na altura dos joelhos ou além. Se o agasalho for de tecidos maleáveis, como um trench-coat de sarja, vale optar por modelagens certinhas, com cintura marcada e que acompanhem o desenho do vestido (reto, evasê, etc…). O exemplo é o look de Florence Welch, que escolheu um casaco do mesmo comprimento do vestido. No caso de tecidos mais estruturados, como o tweed de Sarah Jessica Parker, a lã de Laura Bailey ou o paetizado de Anna Wintour, é preciso que o casaco defina a silhueta. Formas retas são bem-vindas, como nos looks 1 e 2, mas vale optar por vestidos mais retos por baixo.

Monocromático
Tilda Swinton, Glenn Close, Alicia Keys e Princesa Charlotte de Mônaco

Para não “cortar” a silhueta com vestido longo, vale optar por peças que sejam feitas do mesmo tecido ou exatamente o mesmo tom do modelito. Brincar com opacos e brilhosos, como fizeram Tilda Swinton e Glenn Close é chique e afasta a produção do tédio. Alicia Keys e a Princesa Charlene, de Mônaco, provaram que até os vestidos com mais tecido ficam bem quando combinados com casacos mais “duros” nas formas. Em produções monocromáticas, com pernas e braços cobertos pela mesma cor, vale apostar em acessórios poderosos, de tons – inclusive metálicos – que contrastem com a roupa.

Volumosos
Kate Moss, Molly Sims e Tabatha Coffey

Para quem pensaria que “tendo o corpinho da Kate Moss, é fácil usar casaco de pele com vestido longo”, a apresentadora Molly Sims mostrou que, mesmo grávida, é possível “segurar” o look poderoso. O segredo é apostar em vestidos mais retos, fluidos e no limite do comprimento, como no caso de Kate Moss. Outra opção segura é apostar em um casaco de pele que vá só até a cintura, como fez Tabatha Coffey. No caso da atriz, a peça escolhida ajuda na ilusão de ótica de uma silhueta alongada pela forma triangular das golas generosas.

Truques de styling
Rachel Zoe, Vanessa Hudgens e Margherita Missoni

Stylist das estrelas, Rachel Zoe, mostrou em um único look, duas armas poderosas para combinar o vestido longo com casacos e ficar incrível. A primeira dica é marcar a cintura para evitar o visual “meio a meio” entre casaco e vestido. Mangas ¾ ou compridas usadas dobradas também dão a impressão de silhueta mais alongada. Vanessa Hudgens e Margherita Missoni também usaram o truque da cintura marcada e ainda apostaram em paletós com pequenas ombreiras, que fazem o torso parecer mais comprido.

Por Ana Heloísa Costa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s